quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Programinha para hoje

Hoje fiquei feliz. Consegui sentir raiva! Isso é tão raro de acontecer...
Fiquei desejando que seu dia desse errado, que o dia dela (será que ela existe?) desse errado e que vocês não pudessem se ver no final dele, pra consertar tudo. Aliás, quis que vocês se vissem e dormissem de tão cansados.


Quis que ela emburrecesse e parasse de falar coisas que tem taaanto a ver com você. Quis até que a Céu explodisse na hora que começou a cantar. Tudo podia explodir. 
Desejei pela primeira vez nunca ter conhecido você. Isso me estristeceu. Mas eu quis. 
Daí meu olho encheu de lágrima. E a Céu cantando pra mim. Não chorei, engoli seco. Respirei fundo.


Olhei pra fora e pensei em ir trocar meu sapato. Afinal, não há nada que um novo par de sapatos não resolva.